25 de Setembro de 2021 -
 
13/09/2021 - 20h00
Acusado de violência doméstica, vereador é afastado e câmara aprova processante
O afastamento foi aceito por 90 dias e vereador pode ser cassado e ter os direitos políticos suspensos
Redação
Agora News
Diogo Castilho é vereador de primeiro mandato acusado 
por sua ex-noiva de violência doméstica - Foto: Arquivo.

Vereadores da Câmara Municipal de Dourados votaram e afastaram por unanimidade o vereador democrata Diogo Silveira Castilho.

Além do afastamento, os colegas de Castilho aprovaram uma Comissão Processante para apurar a denúncia que já está na polícia civil de Dourados por violência doméstica contra a sua ex-noiva. 

Dos 19 vereadores, 17 votaram a favor da denúncia e a processante foi aprovada, neste caso, o vereador acusado não tem direito a voto e o presidente da câmara só votaria no critério de empate. Diogo participou da sessão pela internet por ter solicitado a sessão remota.

A denúncia foi feita pelo advogado Daniel Ribas da Cunha. O vereador afastado será substituído pelo suplente do partido Democratas Edson Souza que será convocado após o rito for concluído. O vereador que irá assumir é conhecido como "Souza do Lubrificante" que nas eleições de 2020 obteve 979 votos. 

Comissão

Depois de lida e aprovada, a processante teve os vereadores participantes definidos através de sorteio. A vereadora que também está sendo investigada por quebra de decoro parlamentar por ter sido denunciada por sua ex-assessora que a acusa de ameaça de morte.

Lia Nogueira (PP) será a presidente da comissão, foi escolhido como relator seu colega de partido Creusimar Barbosa (DEM) e membro será o vereador Daniel Junior (Patriota). Os trabalhos terão um prazo de 90 dias para ser apurado, o vereador Diogo Castilho poderá ser absolvido ou ir a votação de cassação. 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.