24 de Fevereiro de 2021 -
 
11/02/2021 - 17h00
Advogado douradense flagrado em operação na fronteira é liberado após prestar depoimento
Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte
Douradosnews/Agoranews

O advogado douradense Pedro Martins Aquino foi liberado após prestar depoimento à polícia nesta quinta-feira (11/02). Antes, ele foi expulso do Paraguai pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) e entregue às autoridades locais. 

O rapaz foi um dos detidos pela manhã na Operação Fronteira Segura, desencadeada em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. 

A ação ocorreu de forma conjunta entre a Polícia Federal e a Senad.  

De acordo com Renan Souza Pompeu, que fez a defesa de Pedro, não houve flagrante e nem mandado de prisão expedido contra ele. Apesar disso, o aparelho de telefone celular e o notebook do rapaz acabaram apreendidos. 

Desencadeada hoje, a operação ocorreu em seis lugares na cidade paraguaia. Um ‘laboratório da maconha’ foi encontrado em uma das casas visitadas pelos órgãos de segurança.

O principal alvo era Luiz Guilherme Dutra Toppam, o ‘Coxinha’, uma espécie de ‘secretário’ de Giovanni Barbosa da Silva, conhecido como ‘Bonitão’, conhecido como um dos líderes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e expulso do país vizinho no ano passado. 

Pedro é advogado de ‘Coxinha’ e ambos estavam na mesma residência quando os policiais chegaram ao local. 

A operação realizada nesta manhã visa acabar com bases operacionais e logísticas da facção criminosa na fronteira e capturar os principais integrantes do grupo que opera nessa região do país. 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.