25 de Setembro de 2018 -
 
02/09/2018 - 13h00
GP da Itália: Hamilton supera a Ferrari e aumenta a vantagem na liderança do mundial ASSISTA'
Por Gabriel Gavinelli
F1mania.lance

Lewis Hamilton superou Kimi Raikkonen nas voltas finais do Grande Prêmio da Itália para aumentar sua liderança em busca ao pentacampeonato na temporada 2018 da F1. Hamilton recebeu a bandeira quadriculada mais de oito segundos à frente de Raikkonen, depois de se envolver em uma acidente com seu rival ao título Sebastian Vettel na primeira volta da corrida.

O dois tetracampeões mundias se encontraram na curva 4, enquanto Hamilton tentava ultrapassar Vettel for fora. Vettel acertou a lateral do britânico acabou rodando, indo para a parte de trás do pelotão. Em uma corrida de recuperação o alemão da Ferrari cruzou a linha na quarta posição, e viu a vantagem para seu rival subir para os 30 pontos.

Apesar de terminar na quinta posição, Vettel foi promovido para o quarto lugar, depois que Max Verstappen recebeu uma penalidade de cinco segundos. O holandês brigava contra Valtteri Bottas pelo último lugar no pódio quando os dois entraram em contato na curva 1.

Após o incidente ser investigado pelos comissários, foi considerado que Verstappen defendeu injustamente a sua posição. O piloto da Red Bull cruzou a linha de chegada na terceira posição, mas perdeu o pódio para Valtteri Bottas, enquanto Vettel também ganhou uma posição.

Bottas foi fundamental na vitória de Hamilton e da Mercedes, com ele segurando Raikkonen após os pit stops. Hamilton parou oito voltas depois de Raikkonen, que ficou preso atrás de Bottas, prejudicando seriamente os pneus do finlandês da Ferrari.

Depois que Bottas parou, Hamilton seguiu Raikkonen de perto antes de fazer a ultrapassagem na volta 45, aumentando a vantagem até cruzar a linha de chegada tranquilamente à frente do piloto da Ferrari.

Romain Grosjean manteve o bom desempenho dos treinos, terminando na sexta posição com a Haas. O francês ocupo a zona de pontuação nas últimas seis corridas, em meios aos questionamentos sobre seu futuro na categoria. Porém, após a corrida os comissários desclassificaram Grosjean já que o chassi de sua Haas VF18 não passou na inspeção técnica.

A “nova” Racing Point Force India teve um dia bom em Monza, somando bons pontos no mundial de construtores. Esteban Ocon terminou na P7, à frente de Sergio Perez, que se recuperou de uma decepcionante qualificação no sábado. A equipe agora está à frente da Sauber na classificação dos construtores. Com a desclassificação de Grosjean, a dupla subiu para a sexta e sétima posição.

Carlos Sainz, que vai correr a temporada 2019 com a McLaren, terminou em nono e foi promovido à oitava posição com a desclassificação do francês da Haas. Depois de uma boa qualificação no sábado, Lance Stroll conseguiu o segundo ponto da Williams na temporada, terminando na P10 para ser promovido à P9, enquanto seu companheiro de equipe, Sergey Sirotkin, garantiu seu primeiro ponto na categoria depois da desclassificação de Grosjean.

Daniel Ricciardo teve um dia decepcionante em Monza, depois que seu motor explodiu após algumas voltas do Grande Prêmio da Itália. O australiano foi obrigado a abandonar a corrida, preocupando a Red Bull e a Renault. já que Ricciardo usava o novo moto “Spec C” da Renault no final de semana italiano.

Fernando Alonso (McLaren) também abandonou com problemas de motor, enquanto Brendon Harltley (Toro Rosso) nem chegou a primeira curva da corrida depois de ser tocado pela Sauber de Marcus Ericsson.

Hamilton vai para Cingapura, daqui quinze dias, liderando o campeonato por 30 pontos, com a Mercedes ampliando a liderança para a Ferrari para 25 pontos.

ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS:

Grande Prêmio da Itália de F1 – Resultado Final:

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Kimi Räikkönen (Ferrari)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Sebastian Vettel (Ferrari)
5) Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer)
6) Esteban Ocon (Force India/Mercedes)
7) Sergio Pérez (Force India/Mercedes)
8) Carlos Sainz (Renault)
9) Lance Stroll (Williams/Mercedes)
10) Sergey Sirotkin (Williams/Mercedes)
11) Charles Leclerc (Sauber/Ferrari)
12) S.Vandoorne (McLaren/Renault)
13) Nico Hülkenberg (Renault)
14) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda)
15) Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari)
16) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
OUT) Romain Grosjean (Haas/Ferrari) – desclassificado
OUT) Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer)
OUT) Fernando Alonso (McLaren/Renault)
OUT) Brendon Hartley (Toro Rosso/Honda)

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354