17 de Julho de 2018 -
 
07/07/2018 - 16h24
Comando do PSB de Campo Grande ameaça deixar cargo por 'intromissão' de deputado
Deputado federal assumiu presidência regional e teria criado diretório alternativo para resolver assuntos políticos
Celso Bejarano e Rodson Williams
Topmidianews/Agoranews
Veterinário Francisco, presidente municipal do
PSB Foto: Assessoria da Câmara.

Veterinário Francisco (Francisco Gonçalves Carvalho) e Carlão (Carlos Augusto Borges), presidente e vice-presidente do PSB, em Campo Grande, disseram que anunciam na segunda-feira (9) se permanecem ou renunciam aos cargos. A medida tem a ver com as ações do presidente regional do partido, o deputado federal Elizeu Dionízio, que deixou o PSDB em março deste ano para ingressar no PSB e já estaria “mandando demais no partido”, criado, inclusive, um “diretório alternativo”.

Desde que Dionízio assumiu a direção estadual do PSB, a sigla enfrenta uma crise velada que teria posto em lados opostos os “amigos” do deputado e os “velhos” integrantes do partido.

Francisco disse que soube por comentários que Dionízio, ao invés de se aproximar ou dialogar com diretório municipal do partido, teria montado uma espécie de diretório alternativo e, com isso, definido à revelia questões de interesse do partido.

Carlão afirmou que segue a decisão de Francisco porque virou vice-presidente municipal da sigla graças ao convite do companheiro veterinário.

O vereador Francisco afirmou ainda que, mesmo que Elizeu tenha criado um diretório alternativo, os assuntos políticos deveriam ser tratados, primeiro, com a direção municipal do partido, já 50% dos integrantes do PSB são de Campo Grande.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354