19 de Setembro de 2018 -
 
13/04/2018 - 16h32
Costelão do Clube Indaiá será domingo dia 22 de abril
Evento que apresenta a típica costela gaúcha acontece no Salão Nobre do Indaiá e os convites são vendidos a preço único
Redação
Diário MS/Agora News
Com mais de 20 anos na estrada e três CDs gravados,
Julyano Barreto vai animar o “Costelão do Indaiá” com
muito sertanejo romântico – Foto: Divulgação

Um dos pratos mais cobiçados por quem aprecia a culinária gaúcha vai ser servido no Clube Indaiá, no dia 22 deste mês, quando o clube vai realizar a segunda edição do seu esperado “Costelão”. Conhecido pela qualidade e por resgatar o preparo típico do Sul, o evento vai iniciar às 11h e segue durante toda à tarde com muita música e dança.

Quem vai garantir a animação do público este ano é cantor sertanejo Julyano Barreto, de Campo Grande.

“A primeira edição no nosso costelão foi um sucesso e atendendo o pedido de quem prestigiou, estamos realizando a segunda este ano. Sem dúvida vai ser mais um evento ‘marca registrada’ do clube e que vai reunir o público de Dourados e região que aprecia a típica costela gaúcha”, disse Ângelo Ximenes, presidente do Clube Indaiá.

Assim como na edição do ano passado, a organização do costelão vai disponibilizar um espaço kids para garantir tanto a diversão dos pais quanto das crianças durante todo o evento.

JULYANO BARRETO

Quando criança, Julyano Barreto se arriscava a animar as festas das fazendas. Seja na em que ele morava, ou nas vizinhas, quando tinha alguma comemoração lá estava o garotinho, magrinho, soltando a voz e encantando quem o via cantar. “Sempre morei no interior. Tocava nas fazendas e adorava, mas meus pais não gostavam muito não”, diz.

Filhos de nordestino, ele conta que o tio, Sebastião Inácio do Araújo, também sempre foi apaixonado pela música. Ele até chegou a fazer parte dos músicos de Luiz Gonzaga. Mas, acabou não seguindo carreira musical.

Talvez, por isso, os pais nunca aprovaram que ele cantasse. E quando recebeu um convite, com apenas 10 anos para ir tocar em São Paulo, os pais não deixaram. Mas ele nunca desistiu, e hoje segue firme com o sonho de ser um artista reconhecido.

Julyano diz que não quer ser famoso, apenas ser reconhecido pelo o que mais gosta de fazer. “Pensa na vontade que eu tenho de vencer, de mostrar aquilo que eu mais gosto de fazer. Quero viver fazendo aquilo que gosto”, explica.

E agora, depois de mais de 20 anos de estrada, de formado uma dupla com o parceiro Júlio, em 98, e com o parceiro Daniel, em 2003, segue carreira solo. Da primeira parceria ele lembra ter ganhado em 1º lugar, o Festival Estadual da Canção, realizado na cidade de Sidrolândia.

Já com Daniel gravou o 1º CD. “Foram anos de muito trabalho e dedicação incluindo inúmeras apresentações em bares e casas de shows por várias cidades do Brasil”, recorda.

Também dividiu o palco com grandes nomes da música sertaneja como o sul-mato-grossense Almir Sater, e os raízes Mato Grosso & Mathias, Milionário & José Rico, Felipe & Falcão, banda Fevers, entre outros.

“Gravei meu primeiro CD com 12 músicas e iniciei minha carreira solo com composições de compositores renomados,sendo um deles o compositor e produtor Arapiraca, ex-integrante do Grupo Tradição”, explica.

Com mais de 20 anos de estrada e 3 CDs gravados na Cidade de Campo Grande, Julyano apresenta em seu repertório pelo Brasil a fora vários ritmos,levando alegria,boa música e descontração a todo público.

Com uma pegada mais sertanejo romântico, Julyano conta que o seu estilo tem mais a ver com Eduardo Costa e se comparado aos mais recentes, com Gusttavo Lima. Além deles, ele cita Chitãozinho e Xoxoró, Almir Sater, Zezé di Camargo e Luciano como suas grandes inspirações.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354