08 de Agosto de 2020 -
 
22/07/2020 - 17h00
Nathália Modas fecha as portas em Dourados por conta do aluguel caro
A loja prestava serviços de confecções e calçados e gerava empregos a mais de 20 anos
Izomar Galeano
Agora News
Aluguel em Dourados é o mais
caro do Brasil segundo o
presidente do Sindicom.

A região central do comércio de Dourados foi pega de surpresa na manhã desta quarta-feira (22/07) com o fechamento da loja Nathália Modas. Muitos comerciantes e comerciários ficaram tristes e surpresos por não mais ver aberta uma das lojas mais antigas do comércio de Dourados.

Segundo o que a nossa reportagem apurou, os propietários da Nathália Modas que estava no mesmo lugar a mais de 20 anos decidiram fechar as portas por não mais aguentar pagar o aluguel que segundo informações passava de R$ 10 Mil mensal.

"Devido a crise que o comércio já estava tendo, a pandemia também foi um dos pivôs que derrubou as vendas em muitas lojas em mais de 50%, esse deve ter sido um dos motivos que fecharam a Nathália Modas, infelizmente muito triste." desabafou o comerciário Rogério que trabalha em uma outra loja do centro. 

A Nathália Modas sempre foi uma loja que fazia vendas no crediário também. Suas mercadorias segundo nos informaram foram todas levadas para a Loja Centauro que é do mesmo proprietário. Os funcionários alguns foram aproveitados e outros foram demitidos devido a crise. 

Carreata realizada pelos comerciantes em 15 de julho para
sensibilizar imobiliárias e proprietários- Foto: Eliel Oliveira. 

Segundo o presidente do Sindicom, o aluguel de Dourados é  com certeza o mais caro do Brasil, o sindicarto também teve  que mudar de local devido ao valor do aluguel e na oportunidade o presidente do sindicato Walter Castro já havia alertado que muitas lojas da área central poderiam fechar devido ao alto valor do aluguel na cidade. 

Com a campanha "O Comércio de Dourados Pede Socorro", no último dia 15 de julho, dezenas de comerciantes fizeram uma carreata para protestar quanto ao valor absurdo dos alugueis em Dourados e pedem que os proprietários de imóveis e imobiliárias que administram cheguem a um consenso e osajudem com desconto de 50% no aluguel para ultrapassarem a crise durante a pandemia do coronavírus.

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.