18 de Novembro de 2018 -
 
09/04/2018 - 18h33
Novela 'O Outro Lado do Paraíso': Gael morre ao salvar Clara de tiro de Sophia
Por Tatiana Mariano
Purepeople


Autor Walcyr Carrasco cogita possibilidade de tornar personagem herói no desfecho da trama

Na reta final da novela "O Outro Lado do Paraíso", a morte de Gael (Sérgio Guizé) para salvar Clara (Bianca Bin) é um dos desfechos escritos por Walcyr Carrasco. Segundo o site "Notícias da TV", outro fim seria o filho de Sophia (Marieta Severo) terminar com a mocinha. O autor deseja a reconciliação de Clara e Gael no último capítulo. Mas, por conta da reprovação do público, o ex-playboy deve terminar como herói ao salvar a mocinha de uma emboscada da vilã.

SOPHIA ESCAPA DA PRISÃO E PROCURA CLARA

Presa após tentar matar Caetana (Laura Cardoso), Sophia conseguirá ajuda de Renato (Rafael Cardoso) para escapar da prisão. Há possibilidade de que o médico seja uma vítima das tesouradas da vilã. Em seguida, ela partirá ao encontro de Clara, com quem trocou tapas. Armada, a mãe de Estela (Juliana Caldas) dará um tiro na rival. Gael, porém, chegará a tempo e se jogará na frente da bala. O irmão de Lívia (Grazi Massafera) será morto pela mãe ao proteger a ex-mulher.

VILÃ NÃO DEVE MORRER

Os finais de Sophia ainda não foram decididos pela direção da novela. Em primeiro momento, a ex-amante de Mariano (Juliano Cazarré) não deve morrer. O plano é fazer com que a vilã seja presa e recebe visitas apenas da Estela, a quem humilhou e a única que vai cuidar dela após um AVC(Acidente Vascular Cerebral).

CLARA CONSEGUE GUARDA DE THOMAZ

Clara finalmente conseguirá ter a guarda do filho. A mocinha entra na Justiça e consegue vencer Lívia. A loira chega a acusar Raquel (Erila Januza) de privilegiar a amiga, mas será repreendida pela juíza: "Não vou prendê-la por desacato em respeito ao seu momento de desespero. Eu não decido processos movida pela amizade ou razões pessoais. A atual responsável pela guarda, Sophia Montserrat, está em tratamento médico. Não sabemos quando e como vai se recuperar. Ainda tem um processo criminal pela frente. A guarda deve ser dada à pessoa que tem um laço de sangue mais forte com o menor. A própria mãe. Recorra quantas vezes quiser. É seu direito. Nenhum juiz tomará decisão diferente".

(Por Tatiana Mariano)

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354