19 de Setembro de 2018 -
 
15/04/2018 - 10h11
Fotógrafo de Campo Grande é encontrado morto em rio de Bonito
Sobrinho do presidente da OAB-MS, rapaz registrava imagens subaquáticas quando foi levado pela correnteza
Amanda Amaral
Topmidianews/Agoranews

O fotógrafo André Salim Jacob, de 36 anos, morreu na tarde de sexta-feira (13), após ser levado pela correnteza do Rio Formoso em Bonito, a 247 km de Campo Grande. Ele estaria na cidade turística a passeio, e tirava fotos subaquáticas quando foi levado pela correnteza.

Conforme noticiou o site local Bonito Informa, André era frequentador assíduo do passeio Bonito Aventura e conhecia o rio onde nadava. No dia do acidente, não procurou agência de turismo para emitir voucher, pois era amigo da família proprietária do atrativo e estava hospedado na casa sede do local.

André foi encontrado por um guia turístico, que ouviu gritos de socorro próximo a uma cachoeira. Chegando lá foi informado por terceiros de que um homem teria se afogado e sido levado rio abaixo. Ele estava 100 metros à frente do local onde fotografava, dentro do rio.

Conforme boletim de ocorrência, o guia realizou os primeiros socorros, sem sucesso. Em seguida, acionou a ambulância ,que compareceu ao local e levou a vítima ao hospital, já sem vida.

O homem era sobrinho do Presidente da OAB/MS, Dr. Mansour Karmouche. A família foi informada está se deslocando para Bonito. O representante da Seccional da OAB em Bonito, Dr. Aderbal, está no hospital acompanhando todo o caso, a pedido do Dr. Karmouche.

O Secretário de Turismo Augusto Mariano e o Procurador Jurídico José Anézi estiveram no hospital acompanhado o ocorrido.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354