20 de Novembro de 2018 -
 
02/11/2018 - 08h10
Geraldo garante novos aparelhos para mamografia e tratamento do câncer
Deputado investe na restruturação da saúde da mulher no Estado para facilitar o acesso ao diagnóstico e tratamento do Câncer de Mama
Assessoria/Ricardo Minella
Agora News
Deputado Fderal Geraldo Resende - Foto: Arquivo.

O trabalho do deputado federal Geraldo Resende tem estruturado a Saúde da Mulher no interior do Estado. Em Dourados, depois de garantir a construção da Clínica da Mulher e dois mamógrafos, o parlamentar viabilizou novos aparelhos que chegaram essa semana na unidade e que vão dar mais qualidade de imagem, precisão e rapidez no diagnóstico de câncer de mama, tumor que mais mata mulheres no Brasil.

Os equipamentos devem ser instalados nos próximos dias e a partir daí já estarão à disposição das pacientes. Entre eles estão o Digitalizador de Imagem de mamografia e aparelhos de Raio-X.

De acordo com o parlamentar, por mês são realizados cerca de 500 exames de mamografia na Clínica da Mulher de Dourados e apesar da conquista dos mamógrafos pelo parlamentar, o serviço de imagem ainda era terceirizado pela Prefeitura. “Com a chegada do aparelho digitalizador, o município contará com equipamento próprio e poderá investir o que gastava com a contratação do aparelho em novas ações na Saúde”, destaca.

Como médico ginecologista e obstetra, Geraldo Resende acredita que o combate ao câncer de mama deve começar pela estruturação na saúde pública. “A dificuldade para agendar e realizar a mamografia ainda é o principal motivo para o baixo número de exames, além da triste realidade encontrada nos hospitais com equipamentos quebrados e falta de técnicos qualificados para operá-los. Quando a paciente consegue fazer o exame, enfrenta verdadeira “via crucis” para fazer o tratamento. Acredito que estruturando a rede pública, é possível melhorar o acesso e o combate à doença”, afirma o deputado. 

Segundo o parlamentar, por causa da baixa procura e subfinanciamento da saúde, o número de mamografias realizado no Brasil ainda é bem abaixo do que recomenda a Organização Mundial de Saúde. É o que mostra estudo da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), revelando que 76% das mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) não fizeram o exame no Brasil no ano de 2017. Os dados são ainda mais preocupantes com a estimativa de 59 mil novos casos da doença para 2018 e 2019, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). 

O mesmo estudo da SBM mostra ainda que em MS, 82% das mulheres atendidas pelo SUS não fizeram a mamografia. Isso quer dizer que dos 142.642 exames previstos, apenas 25.865 foram realizados, o que corresponde a uma baixa cobertura de 18,10%. Outras 116.777 mulheres não fizeram o procedimento. A estimativa do Inca é que 830 novos casos da doença sejam detectados esse ano no Estado.

Por ser médico ginecologista e obstetra e membro da Frente Parlamentar da Saúde na Câmara Federal, Geraldo é o deputado federal de MS que mais investe na saúde da mulher. O parlamentar garantiu a construção da Clínica de Atendimento à Mulher (CAM) de Dourados, Nova Andradina e Três Lagoas. Garantiu a entrega de aceleradores lineares e tomografia computadorizada para o Hospital do Câncer e outras unidades de Campo Grande, além de modernos equipamentos de mamografia para Costa Rica, entre outros.

 Como agente público Geraldo garantiu a construção de onze hospitais, 21 ampliações e nove reformas, além da construção de 138 Unidades Básicas de Saúde, reforma de outras duzentas e construção de 80 academias da Saúde. Secretário de Saúde do Estado em 2000 a 2002, ajudou na estruturação da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Dourados e Fátima do Sul.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354