23 de Junho de 2018 -
 
07/03/2018 - 07h00
Homem é executado por pistoleiros na fronteira do Brasil com o Paraguai
Redação
Poranews/Agoranews
Vítima foi perseguida e executada.

Segunda execução em menos de três horas ocorreram na fronteira do Brasil com o Paraguai. Por volta das 17h40 foi executado com mais de 30 tiros de fuzil AK-47 o policial cívil Wescley Vasconcelos, crime que ainda está sendo investigado pela segurança pública de MS.

Já por volta das 19h30 foi morto André Oliveira da Silva, de 30 anos, no bairro São Roque, em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia o rapaz teria sido perseguido por pistoleiros que estavam em uma motocicleta, desde Coronel Sapucaia até após a fronteira, onde foi atingido com vários disparos de pistola 9mm. Após o crime os pistoleiros voltaram em direção a cidade de Coronel Sapucaia e ainda não foram encontrados, segundo o site Porã News.

Informações preliminares são de que a vítima era da cidade de Aral Moreira. Agentes da Divisão de homicídios e da Policia Técnica foram até o local e encaminharam o corpo da vitima ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) da cidade.

A polícia não descarta a possibilidade que o crime ter relação com um ajuste de contas do crime organizado. O caso será investigado pela Divisão de homicídios da Policia Nacional do Paraguai na cidade de Capitan Bado.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354