27 de Janeiro de 2021 -
 
24/12/2020 - 09h47
Médico da rede pública morre de covid 19 em Campo Grande
O clínico Amilcar Pelini da Fonseca morreu ontem à noite, segundo informações da Sesau
Por Silvia Frias
Campograndenews/Agoranews
Amílcar Pelini da Fonseca, servidor
da Sesau (Foto: Direto das Ruas).

O clínico Amílcar Pelini da Fonseca, servidor da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) morreu de covid-19, o primeiro médico da rede pública de Campo Grande a falecer por conta da doença.

O médico morreu ontem à noite, segundo informações da Sesau. Pelini atendia na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Dr. Carlos Vinícius Pistóia de Oliviera, no Jardim Leblon.

Em nota divulgada nas redes sociais, a Sesau lamentou a morte do profissional, informando que “deixa legado de bons exemplos” e que será lembrado pela dedicação e trabalho na rede pública.

Mais mortes

Mais oito mortes causadas pelo novo coronavírus foram confirmadas pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). As vítimas morreram entre os dias de 18 e 22 de dezembro e tinham entre 48 e 90 anos.

O vírus já causou 967 óbitos e infectou 57.414 pessoas, desde o início da pandemia em Campo Grande. Deste total, 55.207 se recuperaram da doença. Ainda há 2.555 casos suspeitos de covid-19 e 846 moradores estão em isolamento domiciliar.

Nos hospitais, mais 181 pacientes estão internados em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 231 estão em leitos clínicos comuns. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.