14 de Dezembro de 2018 -
 
07/08/2018 - 11h20
PERSEGUIÇÃO? Odilon perde na Justiça por campanha antecipada e é multado em R$ 31 mil
O MPF pedia multa de até R$ 25 mil por outdoor, porém o juiz estabeleceu ‘apenas’ o valor gasto nas campanhas publicitárias
Vinícius Squinelo
Topmidianews/Agoranews

O ex-juiz federal Odilon de Oliveira perdeu batalha onde mais lutou durante toda a vida: na Justiça. Ele foi multado em 31 mil reais por ilegalidade na pré-campanha, após ser denunciado pelo uso ilegal de publicidade.

Conforme o Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, o pré-candidato Odilon de Oliveira e o PDT  foram denunciados  em razão da divulgação de propaganda eleitoral antecipada, estampada em diversos outdoors, em Campo Grande.

Segundo o MPF, "verificou-se a existência da seguinte peça publicitária (na foto), na qual a imagem do candidato está em destaque junto ao texto 'Vem Comigo" 11 de Novembro - Filiação do Juiz Odilon'".

Perseguição?

Para entendidos da política de também da justiça, a interpretação jurídica  cada um tem a sua, alguns dizem que faz duplo sentido, não está pedindo votos, mas está convidando 'na época' para ir junto em uma eventual candidatura.

Para outros o fato de divulgar a foto, convite de um partido político e a mensagem levada, já caracteriza campanha antecipada. Para pessoas comuns que comentam em redes sociais como Faceboock e Whatsapp a condenação seria uma perseguição política, não da justiça mas de adiversários que estão se incomodando com o crescimento do nome do juiz aposentado Odilon de Oliveira que disputa a eleição para governador, onde já passou em convenção e inicia sua campanha quando autorizado pela Justiça Eleitoral

O portal de notícias Agora News, não conseguiu contado com o candidato para ter sua opinião. 

Editado ás 11h:20m, por Agoranews.com.br/redação.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354