18 de Outubro de 2019 -
 
08/07/2019 - 16h00
POLICIAL MILITAR FOI QUEM ATIROU E MATOU HOMEM DENTRO DO CINEMA
Izomar Galeano
Agora News
Vítima estava com filho no cinema

O crime que ocorreu dentro de uma sala de cinema no Shopping Avenida Center teria sido por causa de um acento, segundo as informações o policial militar até o momento identificado domo Djavan teria atirado contra a pessoa de Julio Cézar Serveira que foi baleada e morreu antes do socorro chegar, Júlio era de família tradicional de Dourados. 

Motivo

Segundo informações, o dois começaram a discutir por conta do barulho que as crianças estavam fazendo antes do início da sessão, Julio teria chamado a atenção do filho de Djavan e os dois começaram a discutir. A vítima do disparo teria levantado da cadeira para sair da sala e teria provocado o policial com um chute, foi quando trocaram empurrões e socos e Djavan teria sacado da arma e efetuado um só disparo.

Dentro da sala de cinema teria mais ou menos 200 pessoas que iriam assistir o filme na sessão "Turma da Mônica". O tiro do atingiu o pescoço da vítima, a arma ainda não foi identificada. 

O policial militar acusado de ter atirado na vítima, foi preso em flagrante e é lotado na Polícia Ambiental de Dourados e foi levado para o 1º Distrito Policial de Dourados. Após o seu depoimento, ele deve ser transferido para Campo Grande onde ficará preso no presídio militar. 

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.