21 de Maio de 2022 -
 
02/05/2022 - 10h00
MS QUE QUEREMOS no Conesul mostra à Rose Modesto carência por empregos e creches
Assessoria
Agora News
Rose Modes, pré candidata a governadora por Mato Grosso do Sul. 

Fechamento de empresas, escassez de emprego, falta de capacitação e oportunidades e quando as tem não há creches e escolas para deixar os filhos. Infelizmente, essa é a realidade apresentada pela população no MS QUE QUEREMOS da região do Conesul para a pré-candidata ao governo do Estado, deputada federal Rose Modesto (União), durante essa rota de nove cidades do Conesul.

Esse é o caso da Maria Feliciana de Abreu, 32 anos, mãe de quatro filhos, moradora de Caarapó, explica que um dos problemas enfrentados na cidade é a falta de emprego e creches. "Eu tenho quatro filhos e não tenho onde deixar. Fora que o emprego aqui na cidade quase não tem e quando você acha acaba tendo que deixar meio salário para quem cuida do seu bebê ", explica Maria de Abreu.

A pré-candidata Rose Modesto explica que infelizmente a falta de emprego e de creches não é uma realidade só da região do Conesul, mas sim de todo o Estado. “Em todas as cidades que fui sempre há queixa de falta de creches para as mães deixarem seus filhos. Que não conseguem trabalhar, pois não tem creches para que as crianças fiquem seguras. Aí para poder conseguir o sustento de cada dia, as mães acabam deixando ou até pagando para as pessoas cuidarem de seus filhos e aí que me preocupa, pois pode acontecer alguma violência contra as crianças", explica Rose Modesto.

 A falta de qualificação e oportunidades para crescer e emprego faz muitos jovens saírem das suas cidades buscando melhores condições em outros municípios. Essa é a realidade do estudante de agronomia, Samuel Alberto Corrêa Paz, 23 anos, morador de Juti, que precisa ir para outra cidade para conseguir se qualificar.  Para o estudante, o maior problema enfrentado na região é a falta de qualificação e emprego." Se você quer se qualificar, ter um bom emprego e crescer na vida, vai ter que sair daqui. Além da falta de emprego aqui ainda temos falta de saneamento básico", explica o estudante.

Rose Modesto comenta que também teve que sair do interior e ir para Campo Grande buscando melhores condições de vida, por isso entende como é importante fomentar emprego e renda. " Precisamos cuidar dos empresários. Eu sei que essa frase pode parecer estranha tendo muitas pessoas em situação de vulnerabilidade, mas cuidando dos empresários você gera emprego e renda e com renda a pessoa tem dignidade”, explica Rose Modesto.

Ainda durante o MS QUE QUEREMOS em Naviraí, pessoas ligadas à Saúde, Segurança Pública, Cultura e Educação pediram a pré-candidata ao governo do Estado Rose Modesto um olhar humanizado, cirúrgico e eficiente nessas áreas. "Só quem já dependeu dos serviços públicos sabe como é importante o trabalho e a valorização desses profissionais. Eu sei o que é isso. Fui aluna bolsista. Eu trabalhava três períodos dando aula. Pegava ônibus lotado e chegava quase meia noite e não sabia se comia ou dormia para começar de novo a rotina", explica.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.