25 de Setembro de 2021 -
 
13/09/2021 - 09h30
Vereador do Democratas pode ser afastado após pedido de advogado
Legislativo também deve aprovar Comissão Processante que vai analisar quebra de decoro por parte do médico-vereador
Redação
Agora News

Ainda nesta segunda-feira (13/09) o vereador Diogo Castilho pode ser afastado pelos seus colegas se o pedido de afastamento e abertura de uma processante por quebra de decoro paarlamentar for apresentada pelo presidente da casa de leis.

A denúncia com o  pedido de casssação foi feito pelo advogado Daniel Ribas. Se for acatado, será instalada uma comissão processante que terá o prazo de 3 meses para apresentar um parecer para cassaçao ou não do vereador.

Castilho foi preso no último dia 5 de setembro e ficou na Penitenciária de Dourados até o dia 11 por determinção da juíza de plantão. 

Na última sexta-feira (11/09), o vereador-médico teve a liberdade concedida pelo Desembargador relator, Ruy Celso Barbosa Florence da 2° Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS), concedeu a liminar determinando a soltura de Diogo Castilho que já está em liberdade. 

Caso o vereador seja afastado, quem assumirá o seu lugar é o primeiro suplente do partido Edson Souza que obteve 979 votos das eleições de 2020. 

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.