21 de Maio de 2022 -
 
03/05/2022 - 11h00
Prefeito de Dourados encaminha projeto de lei para baixar tarifa de ônibus e vereadores adiam a votação
Redação
Agora News

O prefeito Alan Guedes protocolou na manhã de hoje (2), na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei que reduz o valor da tarifa do transporte coletivo. A proposta é deixar a passagem R$ 0,25 mais barata no município.

Alan entregou o projeto para o presidente da Câmara, Laudir Munaretto e demais vereadores presentes e pediu urgência na votação. Se aprovada pelos parlamentares, a decisão deve entrar em vigência já na próxima quarta-feira (4).

“Isso é um benefício que vai atingir as mais variadas camadas da sociedade. Primeiro o usuário comum que usa o transporte público para ir para o trabalho ou faculdade e terão mais economia. Beneficia também as grandes empresas da cidade que se utilizam do nosso sistema para transportar seus servidores. Contamos com agora com a sensibilidade dos nossos vereadores para aprovar esse projeto”, comentou Alan Guedes.

A proposta é que o município conceda subsídio temporário ao transporte coletivo, com o intuito de amenizar os impactos pós-pandemia, preservar o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão e o manter o funcionamento do serviço no município.

O subsídio terá o valor limitado de R$ 380 mil por mês e será concedido pelo prazo de 10 meses, até 28 de fevereiro de 2023.

VOTAÇÃO ADIADA

A redução da tarifa de transporte coletivo em Dourados, que deve passar de R$ 3,50 para R$ 3,25 terá que aguardar.  Com parecer favorável da Comissão de Orçamento e também em atendimento ao pedido do líder de governo, a votação Projeto de Lei entregue pelo prefeito Alan Guedes (PP) e que deveria ser votado nesta segunda-feira (2) foi adiada por uma sessão.

A proposta de adiamento recebeu 16 votos favoráveis e dois contrários e deverá ser colocada em votação na próxima segunda-feira (9), para que administração municipal apresente os impactos dessa redução no orçamento do município.

Antes do parecer da Comissão de Orçamento e do pedido da liderança, a sessão foi suspensa por duas x pelos parlamentares, que inicialmente chegaram a discutir a apresentação de um pedido de vistas.

“Isso é um benefício que vai atingir as mais variadas camadas da sociedade. Primeiro o usuário comum que usa o transporte público para ir para o trabalho ou faculdade e terão mais economia”, comentou o prefeito Alan Guedes ao protocolar a medida na Câmara de Vereadores.

Ainda segundo o prefeito de Dourados, a proposta ‘beneficia também as grandes empresas da cidade que se utilizam do nosso sistema para transportar seus servidores”. O chefe do Executivo ressaltou que para que a redução aconteça, o município irá conceder um subsídio mensal de R$ 380 mil.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.