21 de Fevereiro de 2020 -
 
10/02/2020 - 17h10
Contraprova da Sesau confirma morte de menino de 9 anos por dengue
Eduardo Borges Ortega foi levado três vezes para UPA e depois internado em estado grave na Santa Casa
Gabriel Neris
Campograndenews/Agoranews
Mato toma conta de terreno em bairro onde criança
morava - (Foto: Marcos Maluf)

Exame de contraprova realizado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) nesta segunda-feira (10) confirmou que o Eduardo Borges Ortega, de 9 anos, morreu por dengue tipo 2, mesmo sorotipo da epidemia que atingiu Campo Grande no ano passado.

O vírus tem quatro sorotipos, de 1 a 4. Cada vez que uma pessoa adquire essa infecção, ela produz anticorpos que atuam contra o tipo específico, mas pode propiciar uma reação mais intensa do organismo quando há nova infecção por outro tipo de vírus da dengue.

A criança deu entrada na Santa Casa por volta das 11h de domingo e morreu uma hora e meia depois de dar entrada na unidade de saúde. O exame realizado pelo hospital já havia apresentado resultado positivo para dengue.

A morte de Eduardo pode ser a 11ª no Estado e a 3ª em Campo Grande somente neste ano. As outras vítimas da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti na Capital são um homem de 30 anos e uma idosa de 74 anos.

A mãe de Eduardo reclama que ele foi liberado três vezes na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino antes de ser internado na Santa Casa. Os primeiros sintomas da doença aparecem na quinta-feira, com quadro de febre. Segundo a mãe, ele fez exame de sangue e retornou para casa.

No dia seguinte, foi atendido novamente e liberado. A mãe relata que a criança acordou passando mal no sábado e já foi levado para a emergência. “A médica já passou soro e outro médico liberou a noite”, disse a costureira Eliane de Souza Borges.

Quando voltou para casa, o filho piorou e precisou retornar para a UPA no domingo. Ela diz que a criança teve duas paradas cardiorrespiratórias e foi reanimado e em sequência levado para a Santa Casa.

A Sesau informou que será apurado o procedimento realizado durante os atendimentos na unidade municipal. A assessoria de comunicação da pasta disse ainda que serão intensificadas as ações de visitações nas casa do Bairro Morada Verde, onde ele residia, para eliminação de focos do mosquito.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.