19 de Junho de 2019 -
 
15/04/2019 - 09h00
Solidariedade realizou Convenção Estadual e inícia o processo eleitoral rumo ás eleições de 2020
O partido Solidariedade conta hoje com um vice-prefeito, dezoito vereadores e dois deputados estaduais
Redação
Agora News
Presidente Idelmar da Mota lima, reeleito no último
sábado na convenção estadual em Campo Grande. 

O partido Solidariedade realizou no último sábado sua Convenção Estadual e deu início ás conversações para o processo eleitoral de 2020 onde serão eleitos vice-prefeitos, vereadores e prefeitos nas cidades do estado de Mato Grosso do Sul.

No evento que ocorreu no auditório do Hotel Orla Morena em Campo Grande uma das pautas foi a eleição para escolher o presidente do diretório estadual. Por unanimidade foi reeleito e reconduzido ao cargo o atual presidente Idelmar da Mota Lima que também é presidente da Força Sindical no estado.

Parciparam do evento vereadores de vários municípios do estado, presidente de partidos e pré candidatos que desejam disputar as eleições do ano que vem. Representando a nacional do partido que é comandado no Brasil pelo Deputado Federal Paulinho da Força, esteve o vice-presidente do partido Jefferson Coriteac e o Secretáro Geral Luiz Adriano, o “Luizão” que fizeram uma explanação de como tem crescido o partido no Brasil e que precisam crescer ainda mais nas eleições de 2020.

O partido Solidariedade conta hoje com um vice-prefeito, dezoito vereadores e dois deputados estaduais sendo Herculano Borges que foi reeleito e Lucas de Lima eleito nas eleições de 2018. “Nós precisamos fazer um trabalho de filiações e trazer lideranças para o nosso partido. O Solidariedade precisa dobrar ou até mesmo triplicar o número de vereadores, como fizemos com a eleição de dois deputados estaduais para com isso podermos aumentar a nossa bancada na assembléia legislativa e eleger nosso primeiro deputado federal, e isso passa pelas eleições de 2020, por isso que temos que eleger prefeitos, vice e vereadores desde o menor até o maior município”, destacou o presidente estadal, Idelmar da Mota Lima.

Mulheres

Geisibel durante a convenção do Solidariedade

Desde 1997, a lei eleitoral brasileira exige que os partidos e as coligações respeitem a cota mínima de 30% de mulheres na lista de candidatos para a Câmara dos Deputados, a Câmara Legislativa, as Assembleias Legislativas e as Câmaras municipais. Geisibel Tonelli que é a 1ª Secretaria do partido no estado destacou a importância da mulher no cenário da política arrancando aplausos dos participantes.

“Quero lembrar da importância da presença das mulheres na estrutura partidária, faço referências a dados que demonstram que, onde existe a representatividade feminina nos congressos e parlamentos, existe maior investimento em saúde, segurança, educação, apresentam menor índice de mortalidade infantil e maior número de crianças que concluem o ensino fundamental. As lideranças políticas são instrumentos de transformação e responsáveis por identificar essas “mulheres incríveis” que devem ocupar espaço na política” declarou Geisibel.

Herculano Borges

Já o deputado estadual e 2 º vice presidente do partido Herculano Borges falou da importância da união e articulação das lideranças municipais nesse momento, tendo em vista as novas regras eleitorais. “Nós precisamo reforçar a preparação para as eleições municipais de 2020 trazendo ais filiados líderes que possam ser nossosfuturos prefetos e vereadores, essa união faz com que cresçamos o Solidariedade e chegarmos ao nosso objetivo de ter nosso deputado federal”, destacou o parlamentar.

Lucas de Lima

Eleito em 2018, o deputado estadual Lucas de Lima que foi vereador pelo Solidariedade e teve a oportunidade de disputar o pleito, hoje aparece como uma opção de ser o pré-candidato a prefeito de Campo Grande. Lucas tem visitado bairros e municípios do interior do estado e destaca que hoje as pessoas se retraem quando falam em política, em filiar em um partido político, mas com o Solidariedade as pessoas enchergam com um olhar diferente, confiam em quem tem mandato hoje dentro do partido. “O Solidariedade é um partido que tem como princípio defender a todos, principalmente ao trabalhador que é o que contribui para o crescimento do país e consequentemente de nosso estado e dos municípios”, lembrou Lucas de Lima.

Também estiveram presentes ao evento  o vereador campogradense Epaminondas Vicente Silva Neto, mais conhecido como Papy e Sérgio de Paula, representado o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). As pessoas interessadas em se filiar ao partido Solidariedade podem procurar os vereadores nos municípios, os presidentes de partidos e os deputados estaduais Herculano Borges e Lucas de Lima que representam o partido no legislativo estadual.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.