18 de Novembro de 2018 -
 
11/09/2018 - 15h33
UFMS suspende curso de Letras e revolta acadêmicos em MS
A reitoria publicou uma resolução que suspende o curso; alunos denunciam que decisão foi tomada sem diálogo
Dany Nascimento
Topmidianews/Agoranews

Revoltada com a decisão de suspensão do curso Letras – licenciatura em Português e Literatura do campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Três Lagoas, a representante do discente do curso de letras, Maressa Garcia Urbano, disse ao TopMídiaNews que a decisão foi tomada sem o conhecimento dos alunos.

Ela afirma que a resolução número 85, de 03 de setembro de 2018, emitida e assinada pelo Presidente do Conselho Universitário da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), não teria sido discutida com os alunos e afirma que a educação está sendo sucateada no país por decisões semelhantes.

“As escolas particulares vão manter porque sabem da importância disso, estão sucateando cada vez mais a educação. A reitoria tomou uma decisão sem conversar com os alunos, a universidade existe devido a existência dos alunos, ela tem que tomar decisões após discutir o assunto. Essa mudança deixa todos os alunos muito preocupados. Nós vamos nos formar, mas e os outros alunos, que sonham em trabalhar com isso? Estamos preocupados com a qualidade do ensino dos novos alunos”, diz a acadêmica.

Segundo Maressa, o curso ajuda profissionais a alcançarem cargos altos pelo país. “O curso de Letras tem mestrado e doutorado, abrange muito mais do que as pessoas imaginam. Têm profissionais trabalhando na Rede Globo de televisão, eles estão suspendendo algo que demoramos anos para construir. Não houve diálogo para essa decisão, foi uma decisão unilateral”.

A estudante explica que já tentou se reunir com o diretor da sede em Três Lagoas, identificado como Osmar Macedo e também com o reitor da universidade, Marcelo Turine. “Já tentei agendar tanto com o reitor, como com o diretor, mas eles dificultam o acesso. Eu trabalho o dia todo, chego durante a noite na universidade e, quando vou até a sala do diretor, está sempre fechada. Não conseguimos atendimento, já fui informada que terei que ir durante o dia no local. Lutamos pacificamente pelo diálogo”.

UFMS

O TopMídiaNews entrou em contato com o campus da UFMS em Três Lagoas, mas foi informado que o diretor participa de uma reunião e não poderia atender à solicitação no momento. Também tentamos contato com o reitor da UFMS, Marcelo Turine, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta foi encaminhada.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.
Desenvolvido por:
Ribero Design
(67) 9979-5354