25 de Março de 2019 -
 
10/03/2019 - 08h30
VÍDEO: 157 PESSOAS MORREM NA QUEDA DE AVIÃO NA ETIÓPIA
A bordo do avião havia 19 funcionários da ONU
Redação
Sputinicknews

Um porta-voz da Ethiopian Airlines confirmou que o voo caiu com 149 passageiros e oito tripulantes a bordo. O voo ET 302 da Ethiopian Airlines desapareceu do radar seis minutos após a decolagem em Adis Abeba.

De acordo com o porta-voz, o incidente ocorreu às 8h44, horário local (2h44, horário de Brasília). Segundo a Ethiopian Airlines, o avião caiu perto da cidade de Bishoftu, situada a sudeste de Adis Abeba.

O Boeing 737-8 MAX era novo e foi fornecido à Ethiopian Airlines em meados de novembro de 2018, informou a agência AP.

Segundo a emissora estatal etíope EBC, não há sobreviventes do incidente.

Informações preliminares apontam que 19 funcionários de entidades afiliadas à ONU morreram na queda do avião da Ethiopian Airlines neste domingo (10), segundo informou a Organização Internacional para as Migrações (OIM) através de um comunicado.

"Os primeiros indícios mostram que 19 membros da equipe de organizações afiliadas da ONU faleceram. Ao lado da OIM, essas entidades incluem o Programa Mundial de Alimentos (PMA), a Agência de Refugiados da ONU (UNHCR), a União Internacional de Telecomunicações (UIT) e o Programa Ambiental da ONU (UNEP), o Banco Mundial e outros também perderam colegas na tragédia", diz o comunicado publicado no final deste domingo (10).

O contato com o avião, que estava indo para a capital queniana de Nairóbi, foi perdido apenas seis minutos depois que o voo ET302 da Ethiopian Airlines decolou de Addis Abeba.

O local do acidente foi identificado como perto da cidade de Bishoftu, cerca de 30 quilômetros a sudeste da capital etíope. Estima-se que 149 passageiros de 35 países e oito tripulantes estavam a bordo do avião. Segundo a empresa aérea, ninguém sobreviveu ao acidente.

ASSISTA VÍDEO DO LOCAL:

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.