20 de Julho de 2024 -
 
17/06/2024 - 20h10
‘Bônus Moradia Emendas’ vai garantir R$ 10 milhões para ajudar famílias no sonho da casa própria em Dourados
Programa foi lançado pelo Governo do Estado nesta segunda-feira (17) em Campo Grande
Assecom
Agora News

O município de Dourados será beneficiado com o programa “Bônus Moradia Emendas”, lançado em parceria com o Governo do Estado nesta segunda-feira (17/06), em Campo Grande.

Com o objetivo de levar dignidade e ajudar no sonho da casa própria, o programa “Bônus Moradia Emendas” vai garantir R$ 30 milhões para auxiliar famílias de Campo Grande e Dourados a terem acesso a residência própria.

Do total de recursos, R$ 10 milhões serão destinados para Dourados, sendo que este valor será utilizado no pagamento da entrada do imóvel. “A habitação é uma demanda muito grande e ao lado da bancada federal e do Governador Eduardo Riedel, nós lançamos ‘Bônus Moradia Emendas’ para beneficiar milhares de pessoas. Obrigada ao Governador Eduardo Riedel pela parceria e a toda bancada federal que enviou as emendas para esse grande projeto”, destacou o Prefeito Alan Guedes, em vídeo gravado ao lado do Governador.

Os recursos são de emendas federais, disponíveis pela bancada do Mato Grosso do Sul, por meio dos oito deputados e três senadores. A iniciativa faz parte do programa “Minha Casa, Minha Vida Cidades”. A cerimônia de lançamento ocorreu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

“Este é um programa inédito no Brasil, que conseguimos construir para que as emendas (federais) pudessem viabilizar esta fase. No ano passado fizemos o Bônus Moradia que atendeu mais de duas mil famílias com recursos próprios, agora soma com estas emendas para podermos ampliar o programa. Uma alegria muito grande ter a bancada federal como parceira deste projeto”, afirmou o Governador.

Riedel destacou que o Bônus Moradia beneficia milhares de famílias, que buscam e sonham com seu primeiro imóvel. “Abrimos o cadastramento e já temos 400 famílias cadastradas no sistema, agora começa o processo de triagem. Campo Grande e Dourados foram escolhidas neste momento, porque são as maiores cidades e dispõem de grande demanda. Assim conseguimos oferecer dignidade, oportunidade para esta família comprar sua casa própria e ficar livre do aluguel”, completou.

A nova modalidade terá subsídios garantidos de R$ 12 mil até R$ 32 (mil) para cada família, que serão usados para pagar a “entrada” do imóvel. São R$ 20 milhões para Campo Grande e mais R$ 10 (milhões) ao município de Dourados.

Cadastro

Os interessados devem se cadastrar no site da Agehab (Agência de Habitação Popular do Estado de MS). Só podem participar as pessoas que não fazem parte de nenhum outro programa de habitação. A renda mensal familiar deve ser no máximo de R$ 7.050,00. Já os imóveis escolhidos precisam custar até R$ 220 mil.

“A pessoa entra no site da Agehab e se cadastra dentro do programa Bônus Moradia Emendas. Lá ela vai encontrar os empreendimentos disponíveis, escolher o que melhor atende, e faz a sua compra após passar pela análise de crédito da Caixa Econômica”, disse a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani.

A diretora-presidente da Agehab ponderou que o programa facilita o acesso a casa própria, porque muitas vezes as famílias têm condições de pagar a prestação do imóvel, mas não dispõe do valor da entrada. “Quando vai se comprar uma casa existe o grande problema que é o pagamento da entrada. Temos que agradecer esta ação da bancada federal que vai realizar o sonho de muitas famílias”, destacou.

Representando o setor de construção civil, o gerente comercial da empresa Tecol, Henry Barcelos, elogiou a iniciativa do Governo do Estado e da bancada federal. “Um mercado que mais emprega pessoas e realiza o sonho de todo brasileiro, que é a casa própria. O programa vai alavancar o setor, podemos dizer que o ano de 2024 na construção civil começa a partir de agora”.

 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.