26 de Fevereiro de 2024 -
 
04/02/2024 - 21h52
POLUIÇÃO: Água 'com cheiro de esgoto' chama atenção em Bonito
Próximo à Estação de Tratamento de Esgoto do município, trecho com folhas em decomposição que desagua no Rio Formoso causou burburinho entre os locais
Redação
Correiodoestado/Agoranews

Ainda no início deste fim de semana um assunto tomou proporção e muito se deve à fama carregada pelo município de Bonito, distante cerca de 260 km da Capital, que por suas características águas cristalinas, chamou atenção mais recente devido a um trecho com "cheiro e aspecto de esgoto". 

Não demorou muito para que as imagens das águas turvas, contradizendo a fama, ganhassem espaço tanto na mídia local quanto na boca dos populares. Localizado perto da Estação de Tratamento de Esgoto, o trecho causou estranheza principalmente por essas águas desaguarem no Rio Formoso. 

Além do mau cheiro, a turbidez da água foi o que mais espantou o grupo de ciclistas que passava pelo local e resolveu parar para registrar. Confira abaixo a situação:

Além do mau cheiro, a turbidez da água foi o que mais espantou - Reprodução

Desdobramentos

Pipocando por diversos noticiários locais, essa situação que se estende desde a denúncia incial, registrada em 1º de fevereiro, já envolveu a concessionária Ambiental MS Pantanal; Executivo Municipal e até mesmo o governo do Estado. 

Conforme repassado pelo secretário municipal de meio ambiente, além de acionar a concessionária e demais competentes para as devidas explicações - como a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) -, ele ressalta o trabalho junto ao Executivo Estadual. 

"Em paralelo a isso, a prefeitura, assim como a Ambiental MS Pantanal e Sanesul estão participando do Grupo de Trabalho da Bacia do Rio Formoso, instituído pelo Governo do Estado para identificar, planejar e traçar um plano de ação que visa estabelecer prazos bem definidos as ações necessárias que precisam ser realizadas", relatou ao portal local B1 Notícia. 

Questionada, a concessionária emitiu nota aos veículos de imprensa que esclarece a situação - principalmente em relação ao mau cheiro -, ressaltando o trabalho da própria Ambiental MS Pantanal. 

Eles alegam que o tratamento, feito na Estação de Tratamento de Esgoto, atende parâmetros conforme pedem os órgãos de fiscalização do Governo do Estado. Ainda citam que na mesma data da denúncia inicial houve visita técnica em pontos do Córrego Bonito e Marambaia, no vazante dos resíduos lançados no meio ambiente, na forma de líquidos ou de gases.

"Não foram detectadas presenças de dejetos ou de outras formas visíveis de contaminantes, apenas um alto volume de folhas em processo de decomposição, que devido ao próprio estágio que se encontram, podem se assemelhar a outros tipos de dejetos ou resíduos", afirma a concessionária. 

Além disso, a nota complementa citando as cinco coletas feitos pela concessionária em sete pontos diferentes na Estação de Tratamento de Esgoto e no ponto de lançamento no corpo receptor. 

Ainda, os trabalhos devem ter sequência pelos próximos dias, enquanto a qualidade ambiental do Rio formoso é acompanhada de perto por autoridades, ao mesmo tempo que a população espera maiores detalhes sobre a situação presenciada. 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.