20 de Julho de 2024 -
 
26/06/2024 - 14h09
PRF intensifica rondas na BR-262 para evitar acidentes causados pela fumaça
Por conta das queimadas, agentes percorrem 5 vezes ao dia o trecho de 220 quilômetros entre Miranda e Corumbá
Por Jhefferson Gamarra
Campograndenews/Agoranews
Viatura da PRF em trecho com foco de incêndio  -
(Foto: Divulgação/PRF)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) tem reforçado o patrulhamento na BR-262 em Mato Grosso do Sul, com o objetivo de monitorar incêndios florestais próximos aos trechos que passam pela região do Pantanal.

A iniciativa visa evitar que a fumaça das queimadas provoque acidentes de trânsito devido à baixa visibilidade dos motoristas e também prevenir a presença de animais na pista, que tentam fugir do fogo.

Equipes das unidades operacionais locais, divididas em duas viaturas, percorrem cinco vezes ao dia o trecho de 220 quilômetros entre Miranda e Corumbá. Durante o trajeto, os policiais registram os locais que representam riscos para o tráfego de veículos, seja pela baixa visibilidade causada pela fumaça ou pelo excesso de animais na pista. 

Essas informações são encaminhadas aos órgãos responsáveis pelo combate aos incêndios, como o Corpo de Bombeiros e o Ibama, além de serem repassadas aos próximos policiais que patrulharão a área.

 A situação das queimadas próximas às rodovias de Mato Grosso do Sul se agravou na última quarta-feira (19), quando a PRF começou a intensificar o patrulhamento. Na sexta-feira (21), o fogo se aproximou perigosamente das rodovias, e o fim de semana foi o período mais crítico. Atualmente, a situação está controlada, sem focos de incêndio às margens da rodovia entre Miranda e Corumbá.

De acordo com a PRF, em 2023, a fumaça nas rodovias foi a principal causa de 27 acidentes de trânsito nas rodovias federais em todo país, enquanto a presença de animais na pista causou 1.328 acidentes. Em 2024, até o momento, a baixa visibilidade devido à fumaça já provocou 13 acidentes, e 356 foram causados pela presença de animais nas pistas.

Para reduzir o número de acidentes, mortes e feridos nas rodovias federais, a PRF orienta os condutores a:

A PRF também recomenda que, ao presenciar queimadas às margens das rodovias federais, os condutores liguem para o Corpo de Bombeiros, pelo número 193, e para a PRF, pelo 191. 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.