22 de Junho de 2024 -
 
24/05/2024 - 22h30
Primeira-dama do Estado recebe itens doados durante Campanha
A primeira-dama agradeceu a parceria da UEMS e disse que a maior riqueza do brasileiro é a solidariedade
Por Redação
Agora News

A primeira-dama do Estado, Mônica Riedel, e o secretário de Estado de administração estiveram na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), nessa sexta-feira (24/05), para receber os itens doados pela comunidade acadêmica à Campanha Seu Abraço Aquece, que começou no dia 5 de abril e segue até a próxima semana. Foram arrecadados mais de duas mil peças, entre sapatos, agasalhos e cobertores.

A primeira-dama agradeceu a parceria da UEMS e disse que a maior riqueza do brasileiro é a solidariedade porque, como a primeira etapa da arrecadação foi para o estado do Rio Grande do Sul - afetado pelas intensas chuvas no mês de maio - houve preocupação com a possibilidade de queda no recolhimento das doações mas, o que aconteceu o contrário. ‘No ano passado, foram contabilizados 126 mil itens e 220 instituições atendidas e esse ano serão atendidas mais de 320 entidades que, atendem crianças, jovens e adolescentes’, afirmou.

Já o secretário Frederico Felini, disse que essa ação de solidariedade é dos servidores que mobilizam a sociedade como um todo, para atender a população que mais precisa, aquecendo o inverno de muitos. “A maioria desses produtos devem ficar na capital mas muitas coisas vão para a população do interior”, concluiu.

Jaqueline Jurado, gerente da unidade Santo Amaro, disse que a comunidade acadêmica tomou para si a ideia da campanha e que, depois de terminada a contagem, terão que incluir as doações que chegaram após a contagem “Tínhamos mil e novecentas unidades contabilizadas mas, fomos surpreendidos pelos acadêmicos da UMA e de outros cursos, por isso vamos acrescentar o que chegou ao que está encaixotado”, assegurou.

Para a acadêmica da Universidade da Maturidade (UMA), Maria de Oliveira, que, esta manhã, trouxe cobertores para ajudar na campanha, essa oportunidade de trazer peças na instituição facilita o auxílio às pessoas mais vulneráveis. “Existem pessoas que não têm nenhuma roupa de manga comprida para usar nos dias frios”, acrescentou.

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.