20 de Julho de 2024 -
 
14/06/2024 - 09h10
SOS Pantanal alerta para aumento de mais de 1000% nos incêndios florestais no bioma
Situação se assemelha a 2020, quando mais de 26% do território foi queimado
Méri Oliveira
Topmidianews/Agoranews
Brigadas têm trabalhado arduamente, mas autoridades
precisam agir / Instituto Homem Pantaneiro

Em 2024, a previsão é de que o Pantanal enfrente uma das piores secas já registradas no bioma. Uma análise do SOS Pantanal mostra uma grave escassez hídrica que ameaça diversos usos da água em todo o ecossistema, com rios atingindo níveis próximos ou abaixo do mínimo histórico.

O cenário atual ainda se agrava com a alta de mais de 1000% dos incêndios florestais em comparação ao mesmo período de 2023, chegando a níveis próximos dos vistos em 2020, quando a região enfrentou os piores incêndios de sua história e teve mais de 26% de seu território consumido pelas chamas.

O estudo do SOS Pantanal destaca números críticos com relação à Bacia do Alto Paraguai, área de 361.848 km² que abrange territórios dos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Nos últimos seis meses foram registradas secas de moderada a grave na região, especialmente no sul do Mato Grosso, com impacto significativo em setores cruciais como abastecimento humano, navegação, geração hidrelétrica e atividades econômicas locais, incluindo pesca e turismo.  As previsões para a BAP (Bacia do Alto Paraguai) não são otimistas, o que refletiu na declaração de escassez hídrica pela ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico) até 31 de outubro de 2024.

A nota técnica do SOS Pantanal também indica claramente quais são as medidas que devem ser tomadas pelo poder público em diferentes instâncias, como a instalação imediata de sala de situação e comando integrado entre Corpos de Bombeiro de MT e MS, ICMBio, Ibama e SEMAs com especialistas de outras instituições do governo e da sociedade civil para acompanhamento das condições meteorológicas, propagação dos focos de calor, inventário de recursos e mobilização. 

publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
© 2013 - AgoraNews.com.br - Todos os Direitos Reservados

É expressamente proibida cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente.